O QUE É O MUTIRÃO

O mutirão é por si uma atividade complexa, pois necessita um planejamento prévio que se inicia um mês antes do evento.

 

Duas semanas antes realizamos ações de divulgação com distribuição de folhetos e faixas, além de ações de conscientização através de palestras em escolas ou associações próximas ao local Selecionado.

 

Uma semana antes realizamos o cadastramento das pessoas registrando seus animais e definindo a data e o horário para o comparecimento ao local do mutirão.

 

O evento é realizado em três ou quatro dias e cerca de 10 dias depois retornamos ao local para a retirada dos pontos e avaliação dos animais.

 

Recebemos em cada dia de atividade cerca de 100 a 150 pessoas com seus animais concluindo o evento com aproximadamente 500 cirurgias. No ano de 2009 realizamos 5042 cirurgias.

 

O jejum de 8 horas é indicado e foi estabelecido em função de critérios técnicos, pois nosso maior problema é a falta de jejum, que leva os animais a vomitarem e apresentarem estômagos repletos no momento da cirurgia.

 

Nunca tivemos problemas com hipoglicemia uma vez que os animais recebem fornecimento constante de glicose e fluidoterapia se necessário.


Por medida de segurança fornecemos aos proprietários sacos de malha para acondicionamento dos animais a fim de prevenir fugas e acidentes.

 

Tais sacos são especiais, pois, muitas vezes há agressões aos próprios donos, e esses sacos são arejados permitindo plena visualização e monitoração dos animais.

 

Nas datas das inscrições dos animais, seus proprietários cuidadores devem ser o mais específicos possíveis. Relatando o estado geral do animal.

 

Devem saber o nome de seu animal, a raça se houver, e a idade aproximada. Tudo para que seja dado ao animal um maior conforto em data de cirurgia. Deve avisar ao nosso médico-veterinário casos de cio e gravidez.

 

Quem inscreve o animal no cadastro, e o mesmo que trará o animal no dia da cirurgia, e que registrará em seu nome o animal.

 

Tal registro é feito junto ao órgão publico CCZ/SP que é o responsável pelo controle de identificação.